Conheça os 12 melhores livros para futuros engenheiros!

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Normalmente, quando pensamos na carreira de engenheiro, consideramos um profissional que seja realmente bom de matemática, estratégico e capaz de planejar e colocar os seus conhecimentos em prática nos projetos, não é mesmo?

É normal pensar em uma carreira com base no que ouvimos de amigos e parentes. Contudo, é essencial buscar a leitura de publicações sobre essa atividade profissional, para que você possa entendê-la de maneira mais consistente.

Se você está naquela fase da vida em que é necessário definir a profissão e está considerando cursar alguma das engenharias, este post é para você! Nele, listamos 12 livros para futuros engenheiros, de modo a ajudá-lo a conhecer melhor a área, podendo também ser consultados durante a graduação. Confira:

1. Coleção Fundamentos de Física (Volumes 1 ao 4) — David Halliday, Robert Resnick, Jearl Walker

A nossa primeira dica contempla de cara 4 livros! A coleção Fundamentos de Física, dos autores David Halliday, Robert Resnick e Jearl Walker, já está em sua décima edição e é considerada uma das mais clássicas — se não obrigatórias — para todo estudante de engenharia, sendo um sucesso há mais de quarenta anos.

Os 4 volumes contemplam diferentes áreas, como:

  • Volume 1: Mecânica

  • Volume 2: Gravitação, Ondas e Termodinâmica

  • Volume 3: Eletromagnetismo

  • Volume 4: Óptica e Física Moderna

Cada um vai ser muito útil e, provavelmente, utilizado durante diferentes períodos da graduação em engenharia. Apresentam tanto teoria como exercícios, de modo que você possa desenvolver o seu pensamento crítico e consiga colocar em prática todos os seus conhecimentos.

Para assimilar melhor o conteúdo, é recomendado anotar os tópicos considerados mais relevantes, para debater com os colegas. A troca de informações contribui para você assimilar dados que possam ter passado despercebidos durante a leitura.

2. Cálculo (Volumes 1 e 2) — James Stewart

A nossa segunda dica de livros para futuros engenheiros também contempla mais de uma obra. Neste tópico, vamos falar dos dois volumes de Cálculo, de James Stewart.

Matéria presente na carga-base de todo estudante de engenharia, provavelmente você ainda vai ouvir falar bastante desse autor.

A obra foi dividida em dois volumes e lançada originalmente em formato de curso. A medida teve como intenção potencializar o aprendizado dos leitores, visando facilitar a execução das atividades.

Além da teoria, o estudante terá acesso a problemas, gráficos e outros materiais que tornam o ensinamento mais prático e didático.

Fazem parte dos temas abordados nos dois volumes: Limites e Derivadas, Integrais, Funções Vetoriais, Sequências e Séries Infinitas etc.

3. Prática das Pequenas Construções (Volumes 1 e 2) — Alberto de Campos Borges

Muito indicado para os engenheiros civis, os dois volumes de Prática das Pequenas Construções contemplam questões importantes para uma obra e que ultrapassam a necessidade de usar materiais de qualidade e uma mão de obra qualificada.

Com o intuito de ser um material de consulta para engenheiros, encarregados, mestres de obras e outros profissionais relacionados à construção civil, esses livros dão dicas de como gerenciar uma construção, contratar uma boa equipe, quanto pode ser cobrado por determinado projeto, entre outras questões burocráticas e administrativas.

Se você assimilar o conteúdo dessa publicação de maneira consistente, será um profissional capaz de dominar a área técnica e de liderar um projeto. Isso é muito importante para aumentar a empregabilidade e obter sucesso na carreira.

4. Ética para Engenheiros — Arménio Rego e Jorge Braga

Independentemente da área, todo profissional deve exercer a sua função de maneira verdadeira, responsável e ética — e isso não será diferente para o engenheiro. Portanto, outra das nossas indicações é o livro Ética para Engenheiros, de Arménio Rego e Jorge Braga.

Os autores apresentam diversos casos e, em cada um deles, levantam um debate sobre como um engenheiro deve agir quando surge um dilema. Além disso, eles acrescentaram à obra códigos de ética de algumas organizações e países.

Seguir bons exemplos é uma forma de você moldar a sua conduta profissional dentro das expectativas do mercado de trabalho e dos clientes. Esteja certo de que respeitar o público-alvo é um excelente negócio para quem deseja se consolidar na profissão de engenheiro.

5. Engenharia Química: Princípios e Cálculos — David M. Himmelblau e James B. Riggs

Esse é um dos mais importantes livros para futuros engenheiros, principalmente para aqueles que vão cursar Engenharia Química, Biológica ou Ambiental.

Além de apresentar os conceitos e de conter exercícios e problemas sobre massa, energia e gases, a publicação possibilita o estudo individual e como a teoria pode ter aplicação prática em nosso cotidiano.

Em suas edições mais recentes, o livro já aborda assuntos que são tendência na atualidade, como bioengenharia, engenharia verde e nanoengenharia.

6. Engenharia Ambiental: Conceitos, Tecnologia e Gestão — Maria do Carmo Calijuri e Davi Gasparini Fernandes Cunha

O profissional que atua como engenheiro ambiental se mostra cada vez mais imprescindível hoje em dia, já que questões como os impactos das nossas ações no ambiente e a adequada gestão ambiental são fatores com que ele deve lidar e se preocupar.

Nessa obra, os autores abordam temas relevantes para quem está cursando Engenharia Ambiental, de modo a preparar o estudante para os desafios do mundo atual. Pensar estratégias responsáveis para o meio ambiente e medidas de preservação são alguns dos insights que o livro propicia.

7. Eletrônica – Para Autodidatas, Estudantes e Técnicos — Gabriel Torres

Claro, objetivo e prático: essas são algumas das características do livro Eletrônica – Para Autodidatas, Estudantes e Técnicos, de Gabriel Torres.

Isso, no entanto, não quer dizer que o livro seja fácil ou que não dê o devido aprofundamento aos temas que aborda. Muito pelo contrário, a obra é completa o suficiente para proporcionar ao leitor os conhecimentos necessários sobre eletrônica.

Alguns temas que fazem parte da obra são: grandezas básicas da eletricidade e eletrônica, aplicação de princípios básicos, questões relacionadas aos circuitos clássicos, como fontes de alimentação, entre outros conceitos.

8. Estruturas Isostáticas — Maria Cascão Ferreira de Almeida

Muito consultado por estudantes de Engenharia Civil e Naval, o livro Estruturas Isostáticas é bem didático e, ao longo dos oito capítulos, visa preparar o profissional que pretende se especializar na análise estrutural e fundações.

A obra permite que o leitor aprofunde os seus conhecimentos de estática, estruturas retículas, linhas de influência etc. Assim, o engenheiro consegue interpretar diferentes fundamentos com facilidade e utilizar programas computacionais com segurança e sabedoria em seus projetos profissionais.

9. Introdução à Engenharia — Mark Holtzapple e‎ W. Dan Reece

O livro se destaca por expor conceitos relevantes da engenharia e apresentar um conteúdo bastante direcionado para universitários que estão começando a graduação.

A obra tem como meta motivar os alunos a terem um foco voltado para a capacitação continuada, o que é crucial para concluir o curso superior e estar mais qualificado para entrar no mercado de trabalho. Com uma apresentação concisa, mas que aborda diversos temas, o livro pode ser adotado em vários cursos introdutórios do segmento de engenharia.

Sendo um dos livros para futuros engenheiros mais procurados, a publicação possibilita que os leitores tenham mais condições de executar algumas ações, como ter mais capacidade para resolver os problemas dos clientes e adotar uma boa postura profissional diante dos colegas de trabalho.

Dessa forma, possibilita que os novos engenheiros tenham mais condições de se adequar à cultura organizacional. Hoje, as companhias querem profissionais que se adaptem, de forma cada vez mais rápida, às normas e aos procedimentos adotados.

O livro ainda propicia adquirir um grande conhecimento sobre as principais tendências do setor, apresentar projetos de engenharia com mais qualidade e aprimorar a capacidade de comunicação. Em qualquer setor, é importante que os profissionais saibam se expressar com clareza, para que os serviços sejam feitos dentro do esperado.

É interessante, inclusive, que o aluno possa ler a obra antes de iniciar o curso superior. Assim, estará mais preparado para entender como funciona o segmento de engenharia e dialogar com os professores, colegas de faculdade e profissionais da área.

10. Indicadores de Sustentabilidade em Engenharia — Pedro Fantinatti e outros

A sustentabilidade se tornou peça-chave para os projetos de engenharia e de infraestrutura urbana atingirem bons resultados. Essa tendência é um dos aspectos mais enfatizados no livro, que tem uma linguagem bem acessível.

A obra tem como foco fazer com que os engenheiros tenham mais condições de adotar as melhores práticas sustentáveis nas construções. Infelizmente, há poucos livros disponíveis que abordam esse tema de maneira profunda e concisa.

Indicadores de Sustentabilidade em Engenharia é um dos livros para futuros engenheiros mais interessantes. Um dos motivos é que apresenta como uma construção pode ser sustentável nos âmbitos ambiental, cultural, econômico e social. Ou seja, mostra que o trabalho de engenheiro não está restrito apenas a cálculos, mas também envolve o bem-estar da sociedade.

A publicação é muito indicada para os estudantes e profissionais do setor, porque proporciona uma série de vantagens, como ter uma visão mais crítica sobre os impactos dos projetos de engenharia, priorizar soluções que sejam melhores para o meio ambiente e avaliar as demandas de forma mais ampla, considerando os aspectos técnicos, sociais e ambientais.

Com certeza, a leitura dessa obra é um passo importante para os engenheiros estarem mais atentos às tendências do mercado e desenvolverem um trabalho mais voltado para as necessidades do público-alvo.

Não valorizar a sustentabilidade é um dos maiores erros que um profissional de engenharia pode cometer. Afinal, usar os recursos de forma racional e respeitar o meio ambiente são fatores bastante valorizados pelos clientes e que ajudam uma empresa a fortalecer sua imagem.

11. Planejamento, Orçamentação e Controle de Projetos e Obras — Carl V. Limmer

O livro tem como objetivo fazer com que a indústria da construção civil tenha um direcionamento mais voltado para a produtividade e a racionalização dos serviços. O autor destaca como é possível planejar, programar, orçar e controlar as atividades de uma obra de maneira simples.

Além disso, aborda como é viável reduzir os riscos nos projetos de engenharia e gerenciar os custos, para que os empreendimentos apresentem um alto padrão de qualidade. A publicação mostra que, na indústria da construção civil, a racionalização das atividades precisa avançar, pois alguns engenheiros mostram resistência em adotar métodos e processos que tornam o projeto mais rápido e prático de ser realizado.

Com uma análise atenta do conteúdo, os leitores terão maior conhecimento das iniciativas necessárias para as construções implantarem procedimentos que ajudem a monitorar a qualidade dos serviços e a reduzir as despesas. Isso é fundamental para uma organização e um profissional de engenharia serem mais competitivos.

A publicação permite que haja uma visão mais estratégica das principais tendências do mercado. Não há como se diferenciar da concorrência, caso o planejamento não seja feito dentro das melhores práticas.

12. Análise Econômica e Social de Projetos Florestais — José Luiz Pereira de Rezende e Antônio Donizette de Oliveira

Os escritores mostram que é imprescindível adotar técnicas que aproveitem os recursos florestais da melhor forma possível e destacam iniciativas importantes para que a tomada de decisão contribua para as obras serem devidamente concretizadas.

O livro é indicado para os estudantes de Engenharia Florestal, porque também destaca como planejar e gerenciar as etapas de uma construção é indispensável para que os serviços estejam dentro dos padrões de qualidade ideais. A publicação cita, ainda, que os profissionais devem ser capazes de avaliar projetos e dominar a matemática financeira, para não haver erro nas projeções de gastos.

Independentemente da obra, é necessário buscar formas de reduzir os custos sem comprometer a qualidade. Dessa forma, o orçamento pode ser mais bem administrado, evitando despesas extras e atrasos na execução dos serviços por falta de materiais, por exemplo.

Também são mencionadas ações interessantes mostrando como os recursos florestais podem ser utilizados de maneira racional, fazendo com que as teorias apresentadas possam ser adotadas na prática. Por isso, a publicação também é indicada para docentes e profissionais que estão há anos no mercado.

Você tem, agora, maior conhecimento sobre diversos livros para futuros engenheiros. Essas publicações podem ajudá-lo não apenas a conhecer a carreira, mas também a se destacar profissionalmente. Quanto mais conhecimento obtiver sobre uma área, maiores são as possibilidades de fazer a escolha profissional mais adequada ao seu perfil.

Está interessado em conhecer novas tendências da engenharia e de outras áreas? Se a resposta for “sim”, é melhor nos seguir no FacebookInstagramLinkedIn e YouTube agora mesmo. Afinal, o conhecimento é fundamental para o sucesso!

Quer receber conteúdos que vão te ajudar na escolha da carreira?

Cadastre-se e receba por e-mail conteúdos exclusivos e em primeira mão!

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter