7 dicas simples e práticas para montar um cronograma de estudos

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Uma das maiores dificuldades dos estudantes, tanto na preparação para o vestibular quanto durante a faculdade, é se organizar para conseguir estudar todos os conteúdos necessários. Se você já procurou saber como fazer isso, provavelmente já ouviu falar sobre o cronograma de estudos.

Essa é uma ferramenta ótima para melhorar a sua produtividade, pois organiza o seu tempo livre e os conteúdos que precisam ser estudados, de acordo com os prazos e metas definidos. Mas como criar esse cronograma? É aqui que surgem as maiores dúvidas, principalmente porque elaborá-lo de forma planejada é fundamental para conseguir bons resultados.

Pensando nisso, preparamos este post com 7 dicas incríveis sobre como montar um cronograma de estudos completo para ajudar na sua rotina. Continue a leitura e aprenda!

1. Organize o seu tempo disponível

Esse é o ponto de partida para o seu cronograma: analise a sua rotina e descubra quantas horas você pode dedicar aos estudos por dia. Para isso, lembre-se de considerar outros compromissos, como trabalho, cursos e faculdade, além dos períodos de descanso e lazer.

É com base nessa informação que você vai começar o seu planejamento. O próximo passo é montar um calendário com toda a sua rotina, incluindo finais de semana e feriados. Isso pode ser feito manuscrito, no Excel, pelo Trello ou em outro aplicativo que você goste.

Depois, é hora de preenchê-lo com os horários e compromissos, determinando quais momentos serão destinados aos estudos. Simples, não é? Assim você vai conseguir visualizar realmente o tempo disponível para cumprir suas tarefas e começar a organizar, de fato, o seu cronograma.

2. Separe todas as matérias

Para que você consiga planejar o seu calendário corretamente, é fundamental separar todas as matérias que precisam ser estudadas no período. Monte uma lista com todos os conteúdos e, se possível, faça mais algumas divisões por temas — isso vai facilitar na hora da organização.

Se você estiver focando em uma prova específica, a dica é dar uma olhada no edital, que já separa os temas de cada disciplina para garantir a inclusão de todos os conteúdos no cronograma. Aliás, essa é uma ótima forma de economizar tempo, facilitando o trabalho de separar todas as matérias.

3. Identifique as prioridades de estudo

Você vai muito bem em português, mas sente dificuldade na hora de fazer cálculos? Domina história, mas sofre com biologia? Isso é muito comum, então avalie essas questões e defina prioridades na hora de formular o seu cronograma de estudos.

Também é importante considerar o peso de cada matéria na prova — nos vestibulares é comum que algumas tenham uma cobrança maior. As disciplinas que valem mais merecem mais tempo de dedicação para garantir o melhor desempenho.

Com todos os conteúdos separados e prioridades definidas, você pode começar a organizar o seu calendário, anotando as matérias que serão estudadas a cada dia e tarefas específicas, como resolver questões ou revisar a disciplina estudada.

4. Defina metas para os estudos

Estruturar o cronograma de estudos ajuda a manter a rotina, mas para evitar as tentações e continuar focado nas suas tarefas, é importante também definir objetivos a curto, médio e longo prazo. Se você estiver se planejando para uma prova específica, como o Enem ou o vestibular, a meta em longo prazo é absorver todo o conteúdo programático do edital.

Mas também é importante definir algumas metas menores e os seus prazos, como concluir determinados conteúdos, terminar de ler um livro ou, enfim, dominar as fórmulas de física e de química.

Além disso, caso você esteja se preparando para uma prova que não tem um dia definido, as metas se tornam ainda mais importantes para que você não perca o foco e mantenha o ritmo de estudos até a divulgação das datas.

5. Planeje-se para eventuais imprevistos

Ao montar o cronograma, é importante considerar os possíveis imprevistos. Podem surgir compromissos de última hora que ocupam o tempo de estudo, doenças ou dias em que o seu rendimento deixa a desejar.

Para evitar problemas, tenha alguns períodos destinados à reposição de tarefas. Caso não tenha surgido nenhum imprevisto e os seus estudos estejam em dia, esses horários podem ser usados para revisar o que foi estudado na semana ou para dar mais atenção àquele conteúdo que está trazendo mais dificuldades.

6. Não se esqueça do descanso e do lazer

Um erro muito comum na hora de montar um cronograma é descobrir as horas livres e preencher todas com períodos de estudos. Quando se planejar, lembre-se de definir intervalos para descansar a mente durante as tarefas e de separar algum tempo para se divertir.

Mesmo que você tenha muita matéria para revisar e grandes objetivos para atingir, você precisa ter momentos para relaxar a mente e se divertir. Isso reduz o seu estresse e faz com que o cérebro renda mais durante os estudos. Por outro lado, uma mente cansada e estressada não terá um desempenho tão bom.

7. Atualize o cronograma de estudos

Você seguiu as dicas anteriores e finalizou o seu cronograma; agora é só segui-lo até o fim, certo? Errado! Para garantir um bom desempenho e aproveitar os melhores resultados, também é importante fazer revisões e atualizar o seu planejamento.

Em algumas matérias você pode apresentar um ótimo rendimento e seguir o seu plano de estudos tranquilamente. Entretanto, outros conteúdos podem trazer dificuldades e atrasar as suas metas. Nesses casos, é importante revisar o cronograma e fazer atualizações, substituindo horários para adequar o tempo de cada matéria.

Essa ferramenta deve servir como um guia, mas fazer ajustes para potencializar o seu desempenho e corrigir algumas falhas é natural e é exatamente o que vai garantir que você tenha o melhor rendimento possível quando estudar.

Viu só? Pode até parecer complicado, mas seguindo essas dicas você vai perceber que montar um cronograma de estudos é uma tarefa simples, apenas exige mais dedicação. Depois, basta encontrar um lugar confortável para estudar e focar nos seus objetivos.

Agora que você já sabe como elaborar o seu plano de estudos e organizar a sua rotina para revisar todos os conteúdos, confira as nossas dicas para acertar em cheio na escolha da sua faculdade!

 

Quer receber conteúdos que vão te ajudar na escolha da carreira?

Cadastre-se e receba por e-mail conteúdos exclusivos e em primeira mão!

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter