Empresa júnior de Engenharia Civil: quais os motivos para participar?

empresa júnior de engenharia civil

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Participar da empresa júnior de Engenharia Civil durante a faculdade será um diferencial na sua carreira. O contato com problemas reais dá a condição de terminar o curso já com alguma experiência, colocando-o na frente de outros jovens candidatos no mercado de trabalho.

Se você se interessa pela área e vai prestar o vestibular, é importante tirar todas as dúvidas e buscar uma graduação que ofereça a vivência profissional. As oportunidades de exercer o ofício desde cedo são tão importantes quanto a qualidade do ensino em sala de aula.

Logo abaixo, reunimos as principais características do projeto empresa júnior, além de cinco motivos para que você se interesse pelo tema e queira participar. Continue lendo e veja como iniciar a sua carreira na Engenharia Civil com o pé direito!

O que é empresa júnior?

Trata-se de uma organização criada para oferecer a vivência do ambiente de trabalho a estudantes universitários. Nela, os alunos compõem os quadros de uma empresa sem fins lucrativos, atendendo a comunidade e tocando projetos com a supervisão de profissionais experientes.

Devido a essa experiência, o estudante tem um contato assistido com os problemas reais de sua área. Cria-se um local em que é possível experimentar e aprender com os erros, recebendo-se o auxílio e a orientação necessária para evoluir e adquirir experiência. 

No caso da empresa júnior de Engenharia Civil, os alunos da disciplina atuam nos projetos, recebendo tarefas em conformidade com o seu nível de aprendizado. Além disso, há espaço para profissionais de outras áreas, como Administração, Marketing e Contabilidade, que são inseridos nos setores de suporte à atividade principal.

A participação, em regra, ocorre por processos seletivos abertos durante a faculdade, em que os estudantes podem se inscrever e concorrer a vagas. Logo, é aconselhável buscar informações com a instituição de ensino e acompanhar as publicações desde o ingresso no curso.

Quais são os principais motivos para participar?

A empresa júnior de Engenharia Civil será o primeiro contato com os problemas e os desafios concretos do mercado de trabalho, ocasião em que você vivenciará o ambiente profissional. A seguir, listamos os porquês dessa experiência ser um diferencial.

Ser mais competitivo no mercado de trabalho

É comum que as empresas busquem jovens com o objetivo de oxigenar os quadros e encontrar talentos. A vantagem desse tipo de contratação é poder adaptar o contratado aos comportamentos, valores e costumes desejados pela organização.

No entanto, as vagas não são infinitas e, quase sempre, há concorrência pelas melhores colocações. Consequentemente, tudo o que puder diferenciar um recém-formado de outro será decisivo para contratação, principalmente a experiência profissional obtida durante a faculdade.

Desenvolver soft skills

Ao lado do conhecimento técnico (hard skills), as empresas dão bastante importância às atitudes e às competências comportamentais (soft skills). Não à toa, é comum a aplicação de testes psicológicos e provas vivenciais em processos de recrutamento e seleção de candidatos.

A empresa júnior de Engenharia Civil pode ajudar a desenvolver esse outro lado. Afinal, aprender a trabalhar em equipe, liderar, ser resiliente e afins exige prática. Isso sem contar que comportamentos e atitudes são frequentemente transmitidos pelo exemplo dado por profissionais mais experientes.

Colocar conhecimentos em prática

A oportunidade de utilizar os assuntos e temas abordados em sala de aula para resolver problemas concretos também merece ser destacada. Repetição e tentativa são processos fundamentais para o aprendizado, a ponto de, muitas vezes, as pessoas só realmente entenderem o conteúdo quando iniciam as atividades profissionais ou de estágio.

A vantagem, nesse caso, é o ambiente de trabalho controlado, e as atividades são acompanhadas de perto e revisadas. Assim, os erros, quando acontecem, são corrigidos, e o aluno consegue tirar lições importantes para sua carreira.

Aumentar networking

A empresa júnior representa uma oportunidade de contato com o mercado e seus agentes econômicos, como fornecedores, clientes, colaboradores, parceiros, entidades públicas etc. Assim, o aluno pode criar conexões com pessoas-chave para sua carreira.

O networking, nesse caso, será ainda mais relevante do que aquele realizado em palestras, eventos e outras atividades complementares. Afinal, por ocorrer no ambiente profissional, a pessoa contatada conhecerá o seu trabalho e suas competências.

Ter contato com a tecnologia

Hoje, softwares e programas são inseparáveis do trabalho na Engenharia Civil. A plataforma BIM é base para os projetos da ampla maioria das empresas, de modo que, para ter sucesso, é preciso dominá-la com maestria. Só assim você será um profissional de excelência.

A empresa júnior será, por fim, um local para expandir o conhecimento sobre a tecnologia empregada no dia a dia das empresas. Além disso, como os problemas reais apresentam variáveis que nem sempre são abordadas em sala de aula, o trabalho força o aluno a explorar o máximo de recursos da ferramenta.

Por que é preciso ficar atento à escolha da instituição de ensino?

A empresa júnior de Engenharia Civil não é um componente obrigatório do currículo, existindo outras formas de concluir as horas práticas do curso. Logo, você precisa ficar atento à escolha da instituição de ensino, porque nem todas oferecerão essa estrutura.

Na verdade, o projeto normalmente é uma iniciativa dos cursos mais alinhados com as exigências do mercado de trabalho. Isso porque os profissionais de hoje são cobrados para saber aplicar o conhecimento na prática, e a graduação deve se ajustar a essa realidade.

Outro ponto importante é conhecer a proposta. A faculdade precisa garantir um ambiente de trabalho em que o aluno possa, de fato, colocar o conhecimento em prática e seja acompanhado por profissionais altamente qualificados.

O local deve, ainda, contar com uma infraestrutura adequada. Lembre-se de que é muito importante estudar e trabalhar com a tecnologia utilizada no mercado de trabalho. Quanto maior a familiaridade com os softwares, maior será o preparo para atuar em conformidade com as práticas de excelência da área.

Sendo assim, a empresa júnior de Engenharia Civil deve constar na sua lista de critérios para escolher a instituição de ensino. O projeto será um grande diferencial na sua carreira, logo, o ideal é buscar essa opção antes mesmo de prestar o vestibular!

Para receber outras dicas sobre carreira, estudos e mercado de trabalho, assine nossa newsletter e receba conteúdos ricos para sua formação!

Quer receber conteúdos que vão te ajudar na escolha da carreira?

Cadastre-se e receba por e-mail conteúdos exclusivos e em primeira mão!

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter